MUSEU DA GUERRA


O que um museu de guerra tem a ver com um blog que fala sobre moda? Tudo! Uma série de roupas e costumes surgiram em função da guerra. Alguns exemplos básicos são o trench coat e a meia calça de nylon.

Embora, particularmente eu não seja fã deste tema, não há como negar a história que há por trás de cada guerra, bem como as invenções originadas. Sendo assim, fomos visitar o Imperial War Museum, em Londres, que foi uma surpresa e acabou agradando a mim e ao Alisson, que peregrina pelos museus de moda comigo. Neste museu é possível agradar as duas partes e claro, os amantes de história.

Uniforme do Exército Austro-Hungaro (1914); Exército Russo (1914)

O acervo do museu é enorme e é possível ver os uniformes de diversos países, roupas utilizadas pelas pessoas na época, além de posters e documentos.

Uma parte muito legal no museu, era a parte que mostrava como era feita a manutenção das roupas, pois na época havia muita escassez e as pessoas eram ensinadas a cuidar de suas roupas, para tal existiam cartilhas e posters educativos.

Além da manutenção, existia o racionamento, então as pessoas eram limitas a comprar apenas determinadas quantidades de tecidos. As grávidas podiam comprar uma quantidade maior. Esse racionamento obrigou as pessoas a serem mais criativas, então começou a surgir o que conhecemos hoje por customização.

POSTERS

Posters da Segunda Guerra incentivando a tricotar meias para os soldados

Posters indicando a melhor forma de se vestir, neste caso de forma mais simples, deixando de lado saltos e acessórios

Caderneta para controle de compras de roupas e tecidos.

Campanha do trench coat da Burberrys

No museu tem vários materiais a venda, como as cadernetas de controle de roupas, livros e lembrancinhas. Obviamente comprei um livro e mostrei aqui neste vídeo:

#ImperialWarMuseum #Burberrys #Burberry