NA CABECEIRA: SOCIOLOGIA DAS TENDÊNCIAS

March 22, 2018

 

Sociologia das tendências | + Detalhes e preço

 

POR QUE EU GOSTEI: 

 

Primeiro porquê amo o estudo e os aspectos comportamentais por trás de cada tendência de moda. Penso que depois que tomamos conhecimento sobre a "engrenagem" da moda e o funcionamento da indústria num todo, fica mais fácil se controlar e consumir menos, passamos a não ser vítimas da fadinha do consumismo, como acontece no filme da Becky Bloom, por exemplo, em que a protagonista enlouquece sempre que via as novidades nas vitrines. Outro fato é que eu gosto muito do trabalho do Guillaume Erner. Ele escreveu um outro livro maravilhoso sobre moda e sociologia chamado "Vítimas da Moda? Como a criamos, por que a seguimos" e é especialista nestas questões de moda e consumo. 

Sobre a obra em si, o livro é bem abrangente quando fala em tendências, já que não atinge apenas a indústria têxtil e de confecção e não se restringe apenas ao vestuário, as tendências se aplicam à todos os bens de consumo e também cita exemplos em que elas surgem em manias de linguagem, maneiras de arrumar o cabelo, etc.

 

 

RESUMO GERAL: 

 

O autor começa o livro definindo as tendências e seus tipos e explicando sobre o gosto coletivo que faz com que as pessoas adotem determinadas tendências. O livro é pequeno, cerca de 120 páginas, porém é bem embasado historicamente, além disso o autor faz várias referências nas tendências ao longo dos anos e cita a visão de outros sociólogos e estudiosos como Veblen, Morin, Bourdieu, Weber, Barthes e Simmel. Erner fala também sobre a importância das concept stores e cita o exemplo da extinta Colette, uma loja suuuper cool que existia em Paris. Ao final o autor falará sobre o futuro das tendências e como podemos prever essas tendências.

 

Please reload

COMO ORGANIZO MEUS LIVROS

VLOG #2: VICTORIA & ALBER...

VLOG #1: MUSEO DEL TRAJE

1/5
Please reload