NEW YORK, NEW YORK!

February 26, 2019

Estou muito animada para escrever esse post, selecionei uma série de dicas que vai ajudar muito quem estuda ou trabalha com moda. Antes de sair do Brasil já tinha minha lista de lugares para conhecer e coisinhas para comprar. Sabia que por exemplo, o preço das canetas marcadoras era quase metade do preço daqui, também queria ver alguns livros diferentes e conhecer os museus, livrarias, lojas conceito, experimentar comidinhas diferentes e conhecer restaurantes legais. Ufa, deu pra fazer quase tudo, digo quase porque a ilha é gigante e a cada bairro/rua tem muita coisa legal.

Esse post será um pouco mais genérico, vou fazer um geral da viagem com meus lugares favoritos. Mas já aviso que vou fazer post sobre cada lugar que listei aqui, porque tenho muitas fotos e dicas específicas para compartilhar com vocês. Então fiquem atentos que vou postando ao longo das semanas, esse post serve também como um sumário do que vem pela frente e a medida que eu for postando vou colocando os links atualizados aqui.

 

Sobre a viagem

 

Ficamos um total de 10 dias em NY e fizemos dois stops no México, que foram o suficiente para conhecer a cidade. Nesta viagem segui a mesma fórmula que fiz nessa viagem aqui e dei uma moderada nos museus e priorizei apenas dois em Nova York e fizemos a tentativa de dois no México (no post do México explico porque foi tentativa).

 

Eataly, Pollock no MET e prédio na High Line

 

Começando pela comida, posso dizer que comi tanta pizza quanto na Itália, quer dizer, nem tanto, mas comparando com outros lugares foi onde mais comemos pizza. Destaco a pizza do Eataly, que é a maior rede italiana de supermercado no mundo, com uma variedade de restaurantes, alimentos e bebidas, padaria, artigos de varejo variados. Tem várias lembrancinhas legais e brinquedos divertidos (compramos um quebra-cabeça bem educativo para a Eugênia, que mostra os vegetais por época de plantio), também tem uma seção de artigos de beleza, como perfumes da Farmácia de Santa Maria Novella ou Officina Profumo-Farmaceutica di Santa Maria Nuova (a farmácia mais antiga da Europa, localizada em Firenze e famosa pelos perfumes). Lá é o lugar ideal pra comer uma pizza e de sobremesa um gelato. Também tem a Joe's Pizza ou Famous Joe's Pizza, que fica na Times Square e cada pedaço (muito bem servido) custa cerca de $3,00. Como diz o nome, a pizzaria é super famosa e a parede é repleta de matérias de revistas e jornais, além de fotos com personalidades que passaram por lá. O lugar é bem pequeno e super comum as pessoas comerem em pé mesmo, mas vale a experiência, pois a pizza é muito gostosa!

 

 

Como estava frio e não pegamos chip de internet, qualquer café charmosinho era desculpa para entrar. Starbucks é uma delícia, mas procurávamos variar um pouco, desta forma conhecemos alguns bem legais como: La Colombe Noho, Citizens of Chelsea, Amy's Bread, The City Bakery (melhor chocolate quente), Gregorys Coffee e Joe Coffee Company, que neste último tenho que dar uma dica de ouro que é: passe antes na Levain Bakery e pegue o melhor cookie da vida e sente-se confortavelmente no café para apreciar um pedaço do paraíso, como diz o slogan da Levain. Com exceção dos cookies, todos os outros conhecemos por acaso, depois que estávamos no lugar, percebíamos que era um café badalado.

 

Para alegrar nosso paladar infantil (tenho sorte do Alisson ser tão formiga quanto eu!), teve ainda o Rice to Riches, que fica em NoLita, e é uma espécie de buffet de arroz doce. Sim, arroz doce como o que nossa vó faz, porém com misturas muito legais, experimentamos com oreo e um básico de baunilha, mas tinha combinações com run, mascarpone, amêndoas, manteiga.... Também aproveitamos para experimentar comidinhas chinesas/japonesas, tomamos um bubble tea no Utepia Tea, experimentamos o famoso Matcha Latte, no Matcha N'More, que super vale a visita, o lugar é lindo e tem várias opções feitas com Matcha no menu (Matcha pra quem não conhece é o broto do chá verde), tomamos um sorvete chamado Kakigōri, que nada mais é que um gelinho raspado com xarope, feito em várias camadas. Outros lugares legais para comer foram o Balthazar e o The Rabbit Hole, que fica no Brooklyn.

Jane's Carousel, Dumbo e brunch no The Rabbit Hole

 

Passeios? Central Park, claro! Nosso hotel ficava próximo, então passávamos por lá as vezes, sempre lindo e surpreendente, com esquilinhos pelo caminho. Outro lugar que amei foi a High Line, espécie de parque construída sobre uma antiga linha de trem. A energia do lugar é muito legal, a arquitetura da região também é incrível, tem inclusive um prédio residencial da Zara Hadid, pra quem curte arquitetura (e pra quem não curte também, já que Hadid era genial). Brooklyn Bridge também é um passeio legal de se fazer com calma e aproveitar o fim do dia pelo Dumbo. Vale lembrar que conhecemos toda a cidade caminhando, andávamos em média 15 a 20 km por dia e acredito ser a melhor maneira de conhecer a cidade.

 

Uma experiência incrível foi assistir um jogo de basquete. É o tipo de coisa que eu jamais teria feito se não fosse com o Alisson, ele queria muito assistir algum jogo na Madison Square, e eu fui só de parceira mesmo, sem esperar nada e foi muito legal, assistimos o jogo do Knicks x Toronto Raptors com direito a hot dog e cerveja!

 

Deixa eu abrir um parênteses aqui, embora o blog seja voltado a moda e educação, acho legal compartilhar essas vivências com vocês porque é um pouco de como os coolhuntings trabalham quando conhecem um lugar novo. Essas experiências serviram para conhecer bem a cultura local e também descobrir alguns comportamentos novos de consumo. Agora falando sobre moda, que é o que interessa aqui no blog, visitei várias lojas de departamento, flagships, fast fashions e brechós. Lojas legais que posso destacar aqui foram a Byredo, The Real Real, Mansur Gavriel e a Glossier. De forma geral as lojas no Soho oferecem uma ótima experiência de compra, todas tem um atendimento excelente, VM impecável e produtos muito atrativos. Então se perder nesse bairro é ótimo para os olhos e péssimo para o bolso, hehehe.

Caminhando pelo Soho, provador da The Real Real e brechó  

 

Os próximos post serão sobre os outros lugares que não citei nesse post e merecem um post mega especial, acompanhem!

 

Museus: MET e FIT

Garments District: Mood Fabrics e Around the World Fashion Publications

Livrarias: Barnes & Nobles, Moma Store e McNally Jackson

Papelaria:Da Vince Supplies



 

 

 

Please reload

COMO ORGANIZO MEUS LIVROS

VLOG #2: VICTORIA & ALBER...

VLOG #1: MUSEO DEL TRAJE

1/5
Please reload