POR DENTRO DO HOME OFFICE

April 30, 2020

Oi pessoal, tudo bem?

 

Como está sendo para vocês lidar com os estudos em casa? E quem trabalha, como está sendo a organização e a divisão de tarefas no lar? Ou ainda, como está sendo para quem estuda, trabalha e precisa cuidar da casa, cozinhar, cuidar dos filhos?

 

Para quem trabalha fora realmente é um sufoco conciliar tudo e ser produtiva no Home Office. Aqui nos primeiros dias de quarentena foi um pouco complicado, pois estava organizando os conteúdos para as alunas e ao mesmo tempo, dando o suporte para a primeira turma do meu curso de moulage online. Um mês passou e graças a Deus tudo entrou nos eixos, mas confesso que deu um frio na barriga, pois a orientação das alunas via Skype aumentou muito minha carga horária, os atendimentos eram individuais e ainda tenho a vida "paralela" no YouTube, no instagram e no blog da Maximus, produzindo conteúdo. 

 

Sabe aqueles primeiros dias de quarentena em que tu olhava as redes sociais e só via as pessoas reclamando do tédio, de não aguentar mais Netflix? Tudo que eu pensava era: "Poxa, queria ao menos conseguir ler um livro!". Essa fase será marcada com o período que mais trabalhei na vida. Tirando o ano de 2014, que também foi super puxado e inclusive cheguei a ficar doente com depressão. Estava fazendo o mestrado e além da carga horária puxada, tinha que viajar cerca de 12 horas, uma vez por semana para assistir as aulas e depois ficava dias lendo, escrevendo artigos e lidando com uma pressão psicológica rídicula e desnecessária que alguns professores colocavam. Bom, a ideia deste post não é um desabafo ou uma reclamação, até porque sou grata ao fato de no meio dessa função toda, em que muitas pessoas estão desempregas, eu trabalho com o que amo e felizmente posso continuar trabalhando em casa, em segurança. 

 

Essa introdução, que acabou ficando longa, foi para contar pra vocês que a a Universidade Católica de Pelotas está fazendo uma série que chama "Por Dentro: Home Office" com os professores e colaboradores, contando um pouco como está sendo essa fase. Compartilho aqui o vídeo com vocês:

 

Não me detive muito aos detalhes no vídeo, mas o desafio maior no início foi o de conciliar o atendimento e os encontros via Skype com a Eugênia. 

 

Aqui em casa temos algumas regras bem rígidas na forma de criar a Eugênia, em junho ela faz 3 anos e nesse tempo foram raras as vezes que ela viu desenho animado ou televisão de forma geral. O iPad comecei a liberar poucas horas por semana, mas não deve passar de 1hr. 

 

Isso pode parecer assustador para quem lê, mas acredite, eu posso falar com propriedade sobre esse assunto, pois estudo sobre criatividade há muito tempo e volta e meia comento sobre isso no YouTube. 

 

Além de estudar sobre criatividade, também tive a oportunidade de ler bons livros que falavam sobre maternidade e como "criar crianças felizes", além de fazer uma série de estudos e também, de conversar e definir junto com o Alisson, qual seria a nossa forma de criar nossa filha. 

 

Então, nesse momento em que muitos pais podem simplesmente ligar a televisão ou dar um telefone, eu não tenho esse recurso, ou melhor, até teria, mas tento contornar, estimulando ela a fazer outras coisas enquanto estou dando as aulas. É um desafio e um aprendizado, tanto para mim, quanto para ela. 

 

 

 

 

 

Please reload

LIVE COM ANDRESSA FAVORIT...

ESTUDAR MODA ONLINE

RELATO: PORTFÓLIO DE MODA

1/7
Please reload