top of page

COMO TRABALHAR UPCYCLING NA MODA?



Este é um tema muito pedido quando abro caixinhas de perguntas e quando falo sobre moda e sustentabilidade. Acredito que este é um dos mais promissores mercados dentro do mundo da moda, por uma série de motivos tais como questões ambientais e sociais.


Tenho acompanhado esse movimento há um tempo, através do trabalho de uma aluna e mentoranda que vem fazendo sucesso no cenário nacional e internacional através do upcycling com a marca e que hoje é uma startup: a Studio Kuhn.


Neste post vou contar a história do trabalho dela, mas também aproveitar para responder dúvidas comuns sobre essa forma inovadora de trabalhar na moda.


O QUE É O UPCYCLING NA MODA?


Upcycling é uma ótima forma de transformar roupas e objetos inutilizados em coisas novas. Imagina que você tem roupas antigas, tecidos que sobraram de fábricas e até mesmo algumas coisas que as pessoas consideram como "lixo". O upcycling nada mais é que uma técnica que usa essas coisas e cria novas roupas e acessórios.


É como dar uma nova vida para as coisas que ninguém quer mais. Os designers que fazem upcycling usam roupas que já não estão na moda, restos de tecidos e até mesmo peças que seriam jogadas fora. Eles transformam tudo isso em algo totalmente novo.


Ao contrário da reciclagem, que transforma coisas antigas em algo novo, mas com a mesma utilidade, o upcycling é como transformar uma calça em um colete ou uma camisa masculina em um vestido, por exemplo.


E sabe por que isso é tão legal? Porque ajuda a cuidar do nosso planeta! O upcycling é uma prática sustentável, o que significa que estamos ajudando a reduzir o desperdício de roupas e o impacto que a moda tem no meio ambiente. Os estilistas podem usar todo tipo de material, como tecidos, couro, jeans e até mesmo embalagens para fazer coisas novas e incríveis.


COMO CRIAR UMA MARCA QUE TRABALHA COM UPCYCLING?


Além de ter conhecimento sobre criação, modelagem, costura, acabamentos, marketing e gestão é aconselhável que você entenda as questões ligadas à sustentabilidade.


O case de marca que vou apresentar é de uma aluna do curso de Design de Moda da Universidade Católica de Pelotas que durante seu estágio final desenvolveu um trabalho envolvendo o Upcycling e a economia solidária. Deste trabalho de estágio e projeto final de curso nasceu a marca Studio Kuhn.


Tive a oportunidade de acompanhar todo o processo da Karoline, fundadora da marca, pois como professora pude orientá-la em diversas áreas e ainda hoje através das mentorias e cursos.


Com o propósito forte de integrar a moda e a sustentabilidade, de forma que gerasse impacto na região em que vive, Karoline encontrou na economia solidária uma forma de contribuir para o desenvolvimento sustentável da região e deste modo passou a contar com o apoio de iniciativas públicas e privadas.


A iniciativa e ideia foram tão inovadoras, que a marca é constantemente convidada para feiras, eventos e desfiles, como aconteceu recentemente um evento especial para empreendedoras mulheres, com iniciativa da Cooperativa Sicredi:



Dentre os eventos e desfiles, a startup foi selecionada entre 600 projetos inscritos e concorreu entre os 90 projetos selecionados, a um investimento semente sendo promovido pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.



O UPCYCLING É UMA FORMA DE TRABALHO SUSTENTÁVEL NA MODA?


Sustentabilidade é basicamente a capacidade de um sistema se manter ao longo do tempo, sem esgotar os recursos naturais e sem prejudicar o meio ambiente, certo? Então, o upcycling é uma das maneiras que mais contribuem para a moda sustentável, um conceito cada vez mais crucial em nossa sociedade e que está se tornando uma parte importante da moda.


Moda sustentável é uma forma responsável de criar moda, respeitando tanto o meio ambiente quanto os trabalhadores. O objetivo é diminuir os impactos ambientais e sociais da indústria da moda.


Nesse contexto, a sustentabilidade na moda pode ser aplicada de várias maneiras essenciais para o setor, como o uso de materiais reciclados ou reaproveitados e a adoção de técnicas sustentáveis nos processos de produção, como a redução do consumo de água e energia.


Podemos notar que a sustentabilidade na moda está se tornando cada vez mais popular e tem o potencial de transformar a indústria fashion, tornando o mundo um lugar mais sustentável. Isso acontece porque mais pessoas estão procurando por produtos sustentáveis e se preocupando com os impactos sociais e ambientais.



COMO FAZER UMA COLEÇÃO DE MODA COM UPCYCLING?


Existem diversas formas de fazer uma coleção de moda, ou seja, existem várias metodologias, porém o processo de desenvolvimento que a Karoline faz parte do princípio do design e não do estilismo, como algumas marcas fazem, conceito que já expliquei aqui.


A Studio Kuhn tem várias linhas dentro da marca, então o ponto de partida normalmente é o material a ser utilizado, que pode ser uma peça de brechó, estoque morte de fábricas ou retalhos.


Após a seleção do material a próxima etapa é pensar na temática da coleção, ou seja, qual o tema e inspiração? Qual história aquela roupa vai contar? Então começa o desenvolvimento, através de pesquisas de formas, composição das cores, até a parte final que é a costura e modelagem.


Depois desse processo, a designer retorna para o momento de pensar na inspiração e no melhor uso do material, para que o mesmo se mantenha o mais fiel possível a sua característica, porém quando integrado a nova peça, vire algo novo.


Karoline reune as metodologias de criação e mistura de forma inusitada, fazendo algo único como podemos ver nas peças da marca.




QUAIS AS MARCAS QUE TRABALHAM COM UPCYCLING NA MODA?

Além das atividades do Studio Kuhn que compartilhei anteriormente, há diversas marcas incríveis que abordam o upcycling de maneira inteligente. Elas consideram a economia solidária e realizam uma seleção criteriosa dos resíduos têxteis. Em outras palavras, essas marcas são cuidadosas ao escolher os materiais para reutilização. Por exemplo, não adianta uma marca trabalhar com resíduos de marcas de moda fast fashion, onde desde o início da cadeia de produção há uma falta de ordem e responsabilidade ambiental:


  • Mara Hoffman: A marca americana Mara Hoffman é conhecida por suas roupas feitas de materiais reciclados, como tecidos de garrafas PET e sobras de fábrica.

  • Reformation: A marca americana Reformation é conhecida por suas roupas feitas de materiais sustentáveis, como tecidos reciclados e algodão orgânico.

  • Paris RE Made: Paris RE Made adquire roupas e peças vintage de marcas de luxo de alta qualidade, bem como tecidos de grife em estoque e transformando-os em em novas peças.


Gostou de conhecer sobre esse novo conceito? Como disse no início do post, acredito neste novo formato de produção e consumo de moda, pois como podemos ver e até sentir, as questões climáticas estão nos fazendo repensar sobre a forma como criamos e consumimos moda e ao meu ver não existe outra alternativa que reúna tantos benefícios quanto o upcycling.


Aproveite e acompanhe as iniciativas do Studio Kuhn também no Instagram, no perfil @studiokuhn.


Comentarios


pos.png
    bottom of page