FICHA TÉCNICA, SEQUÊNCIA OPERACIONAL E FLUXOGRAMA DE MODA



Estou fazendo uma série de aulas sobre moda lá no meu canal do Youtube, o @francyssaleh, e no final da última aula os participantes sugeriram que eu falasse mais sobre ficha técnica.


Como é um assunto denso para apenas uma aula, resolvi dividir o conteúdo em duas aulas, na primeira eu falo sobre o que é e também a importância da ficha técnica para o profissional da moda, e na segunda aula, falo sobre a ficha técnica de modelagem e também sobre a sequência operacional e fluxograma.


Já aviso que o conteúdo aqui no blog ficará bem extenso, pois a ficha técnica possui várias particularidades que preciso abordar aqui. Vamos começar:


O que é a ficha técnica do produto de moda?


A ficha técnica é como se fosse um documento descritivo de uma roupa que estamos desenvolvendo. A ficha técnica auxilia todos os setores de uma empresa, sendo assim, o setor de custos e o departamento comercial poderão estipular o preço de venda, o setor de planejamento e controle da produção poderão juntos calcular os materiais necessários para a fabricação conforme os pedidos, e o setor de compras efetuará a aquisição da matéria-prima, que são os tecidos e aviamentos. Ela é desenvolvida a cada criação de uma peça ou de uma coleção.


Além da ficha técnica de um modelo de roupa, também é necessário fazer fichas técnicas de cada elemento que for desenvolvido com exclusividade para a coleção. Quando você cria uma nova etiqueta, por exemplo, deve desenvolver uma ficha específica, com todos os detalhes da sua construção, como dimensões, local de dobra, fios, efeitos, onde será aplicada, etc. Essas informações poderão ser obtidas com o fornecedor do aviamento. Uma coleção deve iniciar por fichas técnicas de pilotagem ou pré-fichas.


Estampas, bordados e outros elementos decorativos também precisam ter uma ficha adicional, e cabe salientar que não existe um padrão de ficha técnica. Cada profissional ou empresa desenvolve suas fichas técnicas de acordo com as necessidades de suas coleções e de sua empresa.


O formato da ficha técnica é flexível, então não há regra geral, pode variar de uma confecção para outra, mas existem campos fundamentais que devem ser preenchidos.


Quem faz a ficha técnica em uma confecção ou em um atelier?


Normalmente o preenchimento da ficha técnica é tarefa dos assistentes do designer/estilista ou dos estagiários, mas a supervisão do trabalho é responsabilidade do próprio designer ou do setor de engenharia de produto.


Erros ou falta de precisão no preenchimento dos dados da ficha técnica podem acarretar inúmeros problemas, como compra errada de insumos (referências trocadas, quantidade excedente ou insuficiente) e falhas na determinação de custo do produto.


O que deve conter na ficha técnica?


Basicamente ela precisa ter o Cabeçalho, os dados dos materiais, o desenho técnico e informações sobre beneficiamento, etiquetas.


Cabeçalho:

Nome : responsável pela criação

Modelista : responsável pela modelagem

Pilotista: responsável pela costura

Datas : do dia em que foi passado para cada setor

Ref. : referência do modelo

Coleção : a estação a que corresponde


Dados dos materiais:


Tecido : colocar o nome e o código do tecido utilizado pelo fornecedor

Fornecedor : nome do fabricante da matéria-prima

Larg. : largura da matéria-prima

Rend. : no caso de malha – especificar rendimento

Gram. : especificar gramatura

Composição : caso haja mais de uma matéria-prima no modelo, especificar

Cor da Piloto : havendo mais de uma cor no modelo, especificar

Consumo : especificar por cor ou matéria-prima diferenciada

Amostra de tecido : cortar e colocar no local adequado, de preferência na cor da piloto para evitar confusões. Caso haja mais de uma cor ou matéria-prima no mesmo modelo, colocar amostra de tudo que será utilizado

Croqui ou desenho técnico


Na ficha técnica existe um espaço reservado para colocar o desenho técnico tanto de frente como de costas.

No caso de uma peça pronta, pode ser colocada a foto da peça e em anexo o desenho técnico com todos os detalhamentos, tais como comprimento da peça, elementos decorativos, aviamentos, acabamentos.


Detalhei aqui alguns conceitos básicos sobre a ficha técnica, mas aconselho que você espie essas duas aulas, pois surgiram muitas dúvidas interessantes enquanto apresentava a aula. Foi um conteúdo preparado com muita atenção!


E para mais informações sobre desenho técnico eu recomendo este livro: Desenho técnico de roupa feminina da Adriana Sampaio. Utilizei enquanto estudante de moda e também como profissional e professora. É um dos mais completos sobre o assunto.


Além disso você pode buscar inspirações sobre fichas e desenhos técnicos no Pinterest, e eu tenho uma pasta só sobre este tema: https://pin.it/596eSxR


E se quiser uma indicação de cursos sobre o assunto, existe um na plataforma Domestika que fala sobre ficha técnica, desenho técnico e também mostra as classes de costuras, tema muito importante para quem pretende trabalhar com moda no exterior, pois como falei na aula no YouTube, muitas empresas utilizam essas nomenclaturas.

Link do curso: https://tinyurl.com/bv83ctty


AULA 06 SOBRE COMO MONTAR UMA FICHA TÉCNICA


AULA 07 SOBRE COMO MONTAR UMA FICHA TÉCNICA DE MODELAGEM, SEQUÊNCIA OPERACIONAL E FLUXOGRAMA



pos.png