INSPIRAÇÕES PARA PESQUISA DE ESTAMPAS



Estou aos poucos organizando os materiais que fiz em Paris, como sabem me divido entre as mentorias - de Moulage e de Desenvolvimento de Coleção, entre outras atividades como representar o caderno da Promostyl, então inevitavelmente esses conteúdos que produzi na feira serão organizados aqui aos poucos, o que não tem problema, afinal sempre me preocupo com a qualidade dos conteúdos e também com a atemporalidade deles, ou seja, o que falarei aqui hoje, poderá ser acessado e usado futuramente.


Então o foco hoje é falar sobre o que ví na feira Première Vision, na parte dedicada aos designers têxteis, onde esses profissionais vendem seus trabalhos para empresas como tecelagens ou marcas independentes.


Esses designers levam seus portfólios com as estampas, ou ainda, essas estampas aplicadas em bandeiras de tecidos. Também é comum ver o processo criativo desses designers, para justificar de onde veio tal ideia de estampa.


Sempre que visito a feira fico um tempo passeando pelos estandes e analisando cada estilo dos designers, pois lá eles estão organizados por países, o que também é muito legal e rende uma análise interessante, pois tem muito da cultura de cada país presente nos trabalhos, e isso fica muito visível quando estão todos juntos.


Neste material específico que postei no vídeo, eu apresento dois estandes voltados à pesquisa, pois além dos profissionais que desenvolvem as estampas, também estão presentes empresas que vendem inspirações para estampas.


Coincidentemente ambas eram inglesas e sabe-se que a Inglaterra tem muita importância no design de estamparia, até mostrei em uma exposição que visitei em 2017 no Fashion and Textile Museum e comentei aqui, historicamente falando eu imagino que essa cultura de criação tenha surgido em função do trabalho de William Morris, um artista inglês de destaque na Era Vitoriana (1837 - 1901) e o principal fundador do Movimento Arts And Crafts. Na época ele pintava papéis de paredes, estampas de tecidos e é amplamente citado quando o assunto é design têxtil, então acredito que com sua influência, tenha contribuído para essa questão.


Importante eu falar sobre esse panorama histórico, porque o primeiro estande estava repleto dessas influências históricas. Muitos dos designs lembravam as obras de Morris, e também o floral miúdo Liberty, um ícone da estamparia e do design têxtil.


Além dessas referências em cartelas antigas de tecidos, também tinham inúmeros livros de inspiração, porém todos nesse estilo de estampas, algo mais vintage, com cara de início do século, ou seja, mais sóbrio.


Enquanto que no outro estande, estavam expostas pecas vintages de roupas. Vestidos com referencias dos anos 1960 e 1970. Neste caso era nítido a transformação das cores e do estilo, a moda tinha experimentado o op art e outras influencias artísticas super coloridas, e podíamos ver pelo estilo apresentado nos vestidos.


Além desses estandes, um outro que chamou a atenção e não pude mostrar no video foi um espaço dedicado aos alunos ingleses da Central Saint Martins. Lá tinha um espaço onde os trabalhos dos jovens designers estavam sendo expositores pelos professores. Essa iniciativa é muito comum por lá e é uma das vantagens para quem pensa em estudar fora, pois universidades e industrias estão sempre alinhadas.


Ao final desta visita de inspirações, converso com Elena Romero, uma designer espanhola que conta como é o seu processo de criação.


Eu converso com muitos designers e posso garantir que o processo criativo é algo muito individual e varia bastante. No caso da Elena, como é algo mais delicado e orgânico, ela normalmente parte do desenho a mão e depois vai tratando nos softwares, porém ela comentou que preciso desse toque no material.


Elena Romero



Assista o vídeo com a visitação nos estandes e também para ver a entrevista com a Elena Romero:




Material complementar: Saiba mais sobre estamparia: https://audaces.com/entenda-os-segredos-por-tras-da-estamparia-em-bloco-de-madeira/ Visita ao Fashion and Textile Museum em Londres: https://www.francyssaleh.com/single-post/2017/04/05/vlog-3-fashion-and-textile-museum Portfólio da Elena Romero: https://www.elenaromero.es/


pos.png