TOUR NO MÉXICO: HISTÓRIA DA INDUMENTÁRIA


Museu Nacional de Antropologia


Hoje vim compartilhar com vocês um pouco sobre a viagem que fiz para o México. Essa foi uma viagem super rápida e procurei entender um pouco mais sobre a cidade fazendo um turismo bem básico e clássico como visitar museus, livrarias, mercados e o centro histórico, o tipo de roteiro que acho fundamental para conhecer de verdade a cultura local. Claro que colocamos no roteiro alguns lugares diferentes, e sempre a pé: caminhando muito, observando tudo e aproveitando aquelas conversas espontâneas que surgem e que fazem com que nossa experiência se torne ainda mais rica.



Não visitei shoppings nem a parte com "glamour", a ideia era entender mais sobre os hábitos dos mexicanos e como é o dia a dia por lá.


Amanhecemos cedinho já no centro histórico, aproveitamos para tomar um café da manhã típico e também experimentar os churros clássicos: no El Moro.


Sobre a culinária falarei depois, mas uma observação interessante sobre o México, do nosso ponto de vista, ou seja, de brasileiros que consumiam a programação da TV aberta nos anos 90, é impossível não querer descobrir o México aos olhos de Chaves ou Chapolin, ou ainda, lembrar das típicas novelas mexicanas.


Eu gosto muito da cultura latina de forma geral, moro próximo ao Uruguay, falo espanhol desde pequena, aprendi quando tinha uns 8 anos com uma freira espanhola. Já viajei para a Espanha e conheço bem as extremidades e culturas diferentes por lá e consigo ver traços em comum de algumas capitais como Buenos Aires, Montevideo e México. A arquitetura colonial espanhola está muito presente nesses locais, e lembra um pouco da arquitetura portuguesa também.